domingo, 2 de julho de 2017

O GOVERNO JUDEU E O MONTE DO TEMPLO

Cada vez mais as profecias bíblicas estão se cumprindo, ou em caminho de se cumprirem.
Uma delas é sobre o monte do templo. O governo de Israel vai investir nisso, para facilitar o acesso ao templo. Ele pretende investir numa linha de trem de Telaviv até esse monte, e também a Sociedade do Monte do Templo está atenta a isso, já que fizeram ressurgir o sacerdócio, e até os sacrifícios, a vaca vermelha, e o sacerdócio levítico em todos os seus rituais. Cada vez mais isso está se tornando realidade.
O governo de Israel tem se preocupado mais com isso por causa das resoluções da ONU, que dizia que Israel não tinha nenhuma ligação com o templo, o que fez nascer de novo o sentimento de pertencimento dele aos judeus, através de um nacionalismo adormecido em muitos deles, que, céticos, não acreditavam mais nisso. Foi A  ONU dizer isso, que começaram a aparecer mais e mais provas da ocupação israelense ali, como moedas e vasos do tempo de Davi, do rei Ezequias, de Sansão, e outros. 
As profecias de Ezequiel 36 e 37 estão se cumprindo!
Deus faz tudo certo. Deixou que isso estivessem guardado até agora, por que sabia que iria surgir essas coisas. É ridículo os palestinos dizer que os judeus não têm ligação com o templo, e com a terra deles. É como dizer que a torre Eiffel não tem ligação com a França, ou o Cristo Redentor com o Brasil.Sei que é uma comparação fraca, mas deu para entender.
A verdade é que Palestina foi um nome dado pelos romanos a essa terra por causa das constantes lutas com os judeus. Para castigar eles, mudaram o nome para esse, que tem ligação com os filisteus.
A figueira está dando frutos. Alegremo-nos! Cristo breve vem!