sábado, 3 de junho de 2017

MUITAS BÊNÇÃOS NO 16º CONGRESSO DE MULHERES EM RECIFE

No dia 1 de junho de 2017 começou o 16º Congresso de Mulheres da Igreja Evangélica Assembleia de Deus (IEADPE) em Recife, PE, sob a presidência de Deus, e servida pelo pastor Aílton.
O tema do congresso deste ano é Mulher cristã  tendo um coração de serva, baseado em Lc 1.38. Cantaram Eliã Oliveira e Theo Santos.
Pregou Cândido de Freitas, no primeiro dia, e falou sobre as característica que fizeram Maria ter qualidades para que assim fosse apreciada por Deus.
Sob o título A mulher cristã contra o feminismo  e cheia do Espírito Santo,o pastor Isaque falou dessa ideologia, algo que ele também tem feito no seu programa "O que Diz a Bíblia", no Canal 14. Ele disse que Maria servia como modelo para o sexo feminino, e não de modelo para feministas. A ideologia de gênero tem preocupado a igreja, e ela tem  batido forte nisso, pois já está querendo entrar na igreja.
Já o evangelista Sinval  Rodrigues, que falou sobre o tema "Uma mulher cheia do Espírito Santo como Maria".
Na primeira noite  o tema foi "Maria, uma mulher disposta a obedecer e atender o chamado de Deus", e não que ela "manda" em Deus, como diz a Igreja Católica. Ela era serva, e viveu e agiu como tal, ao aceitar humildemente a incumbência de se deixar levar pelo poder do Espírito Santo. Vieram caravanas de Aliança, Vertentes, Palmares, Serinhaém, Timbaúba, entre outras cidades do Agreste, Zona da Mata e Sertão do estado de Pernambuco. Ministrou no tema a preletora Gilvanete de Andrade, da Paraíba,que é médica, bacharel em Teologia, mestranda em Teologia, diretora e professora da Escola Teológica da Assembleia de Deus em Santa Rita (PB). É casada com Djalma Silva, pastor da Assembleia de Deus em Santa Rita (PB). O casal tem três filhas, três genros e cinco netos.
Autora dos livros Estudos Bíblicos para Grupos Familiares e Manual dos Grupos Familiares: um Enfoque Biblico-teológico e Prático. Também pregou Elci Ribeiro, evangelista, também falou nesse dia,logo depois dela. Nota-se que poucos preletores veem de longe, de uns anos para cá. O pastor Aílton prefere chamar os daqui, e de algumas cidades do Nordeste.
Na segunda noite cantou, no culto, o coro de Vitória de Santo Antão. A irmã Ivana cantou seus belos hinos, de forma bem tranquila, como sempre. O coro que está cantando neste ano tem 800 vozes, e é regido pela irmã Marinalva, essa que geralmente aparece nas fotos divulgadas pela RBC1, a única equipe de comunicação que cobre os eventos da IEADPE.
Na preleção desse sábado o pastor Waldemir Farias pregou a primeira palavra em Lucas 1.38. As caravanas que vieram foram de Escada, Limoeiro, Exu, Nazaré da Mata, Joaquim Nabuco, Paraíba e Maceió.
A beleza das mulheres todas de rosa, a organização do templo, afim de ue apareça bem na TV, é primordial.
O templo todo só tomado de mulheres fica uma visão celestial. Antes de cantar o coral ensaia vários meses. Há um culto introdutório antes do oficial, onde várias irmãs pregam, cantam e dão seus testemunhos.
Ao longo das apresentações do culto pela TV, Youtube, Facebook,  e as rádios AM e FM, a igreja tem pedido contribuições para ajudar nossos irmãos que estão sofrendo por causa da chuva. As doações devem ser dadas aos evangelistas nas respectivas áreas, mas podem também ser entregues nos outros locais de arrecadação, como os da Igreja Universal, nas igrejas que também fazem isso, entre outras entidades, se não puder ser entregue nas suas respectivas igrejas. O importante é os alimentos  chegar lá.