quarta-feira, 15 de março de 2017

NÃO FOI JOEL CARLSON QUEM INAUGUROU A ASSEMBLEIA DE DEUS EM PERNAMBUCO,FOI ADRIANO NOBRE

Não foi só uma pessoa que disse que Adriano Nobre foi esquecido por algumas igrejas. Infelizmente em pernambuco há disso. Por incrível que pareça, não foi o missionário Joel Carlson quem inaugurou nossa igreja. Foi o irmão Adriano Nobre.Vejam o que diz esses testemunhos abaixo.

Em sua obra "História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil", Silas Daniel escreve que;

"Foi Adriano Nobre quem também ministrou aos pioneiros as primeiras lições de língua portuguesa, tendo se tornado depois um obreiro valoroso a serviço do Movimento Pentecostal. Ele, por exemplo, antecedeu o missionário Joel Carlson em Recife, tendo evangelizado aquele Estado de 1916 a 1918, chegando a batizar dois crentes no Rio Capibaribe, entre eles airmã Luli Ramos. Em 1933, porém, já havia algum tempo que Nobre se envolvera com novas doutrinas." (DANIEL, 2004, p. 73-74)

"Quando tudo parecia fomentar a continuidade de uma situação mórbida e sem perspectiva de vida, os pernambucanos tiveram a felicidade de ver chegar à capital de seu Estado um servo de Deus procedente de Belém do Pará, chamado Adriano Nobre, que servia ao Senhor, como cooperador do missionário Gunnar Vingren, e pregava o evangelho às polpulações justafluviais da bacia amazônica. [...] Enviado pelo missionário Gunnar Vingren, Adriano Nobre chegou a Recife, capital do Estado de Pernambuco, no ano de 1916, com o objetivo de anunciar o evangelho pleno, por ter em seu contexto a doutrina sobre os dons espirituais e as orações proferidas em grupo, também era chamado de Movimento Pentecostal." (OMENA, 1993, p. 10-11)"Quando tudo parecia fomentar a continuidade de uma situação mórbida e sem perspectiva de vida, os pernambucanos tiveram a felicidade de ver chegar à capital de seu Estado um servo de Deus procedente de Belém do Pará, chamado Adriano Nobre, que servia ao Senhor, como cooperador do missionário Gunnar Vingren, e pregava o evangelho às polpulações justafluviais da bacia amazônica. [...] Enviado pelo missionário Gunnar Vingren, Adriano Nobre chegou a Recife, capital do Estado de Pernambuco, no ano de 1916, com o objetivo de anunciar o evangelho pleno, por ter em seu contexto a doutrina sobre os dons espirituais e as orações proferidas em grupo, também era chamado de Movimento Pentecostal." (OMENA, 1993, p. 10-11)

Omena (1993, p. 13) confirma: "[...] tendo retomado o destino, desembarcou em Belém do Pará, em janeiro de 1918, de onde foi enviado pelo missionário Gunnar Vingren para Recife, 9 meses depois."

"Diário do Pioneiro" (CPAD, 2000, 5. ed., p. 150), escrita por Ivar Vingren, sobre a vida do seu pai, o missionário Gunnar Vingren, lemos que "No princípio do mês de abril de 1928, Vingren viajou, com a esposa, para o Recife. Haviam sido convidados pelo missionário Joel Carlson. Esse querido irmão estava trabalhando agora arduamente naquele Estado, mas quem iniciara o trabalho ali fora o irmão Adriano Nobre, que se convertera no tempo que Vingren estava no Pará. Adriano Nobre foi também um dos evangelistas pioneiros da igreja em Belém do Pará".

Note que o pastor Omena, ministro de nossa igreja, escreveu sobre  isso; mas porque ainda se ensina errado? Há fotos de vários pioneiros, menos de nosso querido pastor Adriano, nosso REAL fundador, que nos trouxe a doutrina pentecostal. Ele merece nosso respeito.
Ele foi o quinto obreiro ordenado ao ministério pastoral no Brasil. Fez uma grande obra no RN,onde batizou alguns irmãos no rio Potengi. Ele era conhecido como alguém poderoso nas Escrituras, falava muito bem.

"Diário do Pioneiro" (CPAD, 2000, 5. ed., p. 150), escrita por Ivar Vingren, sobre a vida do seu pai, o missionário Gunnar Vingren, lemos que "No princípio do mês de abril de 1928, Vingren viajou, com a esposa, para o Recife. Haviam sido convidados pelo missionário Joel Carlson. Esse querido irmão estava trabalhando agora arduamente naquele Estado, mas quem iniciara o trabalho ali fora o irmão Adriano Nobre, que se convertera no tempo que Vingren estava no Pará. Adriano Nobre foi também um dos evangelistas pioneiros da igreja em Belém do Pará"."Diário do Pioneiro" (CPAD, 2000, 5. ed., p. 150)

Os testemunhos sobre ele são muitos. Basta estudar a história da Assembleia de Deus no Brasil. Viemos dos batistas, que até hoje nos abominam. Adriano Nobre era presbiteriano, e se converteu ao pentecostalismo, pregou o evangelho em vários estados no Brasil.Foi a igreja de Belém, na  pessoa de Gunnar Vingren, quem o enviou a pregar o evangelho em Pernambuco em 1916 e ficou fazendo esse trabalho até 1918.
Foi ele que editou a primeira edição da Harpa Cristã publicada em 1922 em Recife (PE), que passou a ser o hinário oficial das Assembléias de Deus. Na atual Harpa Cristã seu nome consta como autor da versão de cinco hinos: (2, 3, 10 e 413).Os que quisessem uma Harpa Cristã, que fizesse pedidos ao pastor Nobre.
No entanto, ele não foi de todo esquecido, pois a cidade de Itapajé, Ceará, em 2013, ele foi homenageado em uma solenidade como forma de perdão por tudo o que ele sofreu nela.
Infelizmente, ele se desviou da doutrina, e saiu de nossa igreja, quis voltar, arrependido, mas não foi aceito pela liderança da igreja.
 Celina, filha de Nobre, foi esposa do falecido pastor Antônio Augusto Rocha e mãe do pastor Davi Nobre Rocha, respectivamente antigo e atual pastores da AD de Rio Comprido (RJ).
Faleceu em 1938, no Rio de Janeiro, aos 55 anos, vítima de tuberculose. 







REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


http://www.altairgermano.net/2008/10/adriano-nobre-pioneiro-das-assemblias.html

https://jacorodriguessantiago.blogspot.com.br/2013/10/os-cinco-primeiros-pastores-da.html

http://eeep-adriano-nobre.blogspot.com.br/2013/01/itapaje-realiza-solenidade-em-homenagem.htmlhttp://eeep-adriano-nobre.blogspot.com.br/2013/01/itapaje-realiza-solenidade-em-homenagem.html

http://www.ieadern.org.br/historia/