terça-feira, 7 de março de 2017

MISSIONÁRIA ISA REIS COBRA R$ 2.500 POR UMA PRELEÇÃO

Cachê da missionária Isa ReisBoa parte dos cristãos no Brasil sabe quem é Isa Reis, uma missionária que tem pregado no Brasil inteiro. Realmente ela é bem conhecida, e até conhecida internacionalmente ela é.
Mas o que muita gente não sabe é que ela cobra R$ 2.500 para uma hora de preleção. Fico pensando no que estão transormando o evangelho.
Ela tem como característica dizer tudo o que vem em sua mente, sem mdir esforço.
Mas será que isso não fere a ética cristã? Até que ponto um pregador pode cobrar cachê, exigir hotel e passagens de ida e volta, mercadejando a palavra de Deus, como disse Paulo em 2 Coríntios 6? Romanos fala algo parecido: "Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples "(Rm 16.18).
Querem fama, dinheiro, sucesso a todo custo, falando coisas que não devem, e enganando os símples, que não examinam a Bíblia.
É verdade que o trabalhador é digno de seu salário, mas estipular um preço para pregar a palavra, quando o apóstólo Paulo atravessava montanhas a pé, para levar a mensagem do evangelho a todos. Ele teria vergonha desses falsos mestres de hoje, pois tudo o que querem é aparecer.
Imagine um pastor ligando para uma "missionária" dessa e chamando para pregar. Se não tiver passagem e avião de ida e volta, hotel, mais algumas regalias, ela não irá. Em 2016 ela esteve em Abreu e Lima. É uma vergonha essas artistas gospel, transformando o púlpito em palco, e dando uma de espiritual.
Enquanto os apóstolos e pioneiros andavam a pé, passavam fome, frio, sede,perseguição, dormindo muitas vezes ao léo, para hoje em dia aparecer esses lobos sem compromisso algum, com o evangelho espalhado no Brasil inteiro, só ganhando milhares de reais. Assim é bom, depois de nossos pais terem sofrido tanto...
Duvido muito que alguém que tenha o Espírito de Deus, age dessa forma.
Abramos nossos olhos, e peçamos a Deus que mande obreiros para a grande seara, e que a igreja e os pastores despertem, e busquem não artistas da palavra, pregadores vazios de poder e unção.