quinta-feira, 2 de março de 2017

ASSEMBLEIA DE DEUS ESTÁ ADERINDO AO MARXISMO TEOLÓGICO

Resultado de imagem para ariovaldo ramos
Ariovaldo Ramo, promotor evangélico da TMI no Brasil
Uma das coisas que seria impensável anos atrás, é a FAECAD, Faculdade Teológica das Assembleias de Deus no Rio de Janeiro, terá uma aula magna com o título “A Missão Integral e os Desafios da Igreja,” dada por René Padilla. Absurdo isso! O que está acontecendo com a Assembleia de Deus, descendo a esse nível, sendo influenciada pelo marxismo, pela TMI, Teologia da Missão Integral, vertente evangélica da Teologia da Libertação, expoente do marxismo no meio católico, que acabou influenciando essa teologia maldita no meio evangélico através da TMI, e muitos pastores assembleianos estão caindo nessa conversa fiada do Diabo.
 

A aula será em 10 de março de 2017, será feita em parceria com a Visão Mundial, também adepta dessa teologia, e a FAECAD,pertencente à CGADB que, infelizmente, ao invés de combater essa teologia infeliz,está aderindo a ela.
Desde que Ariavaldo Ramos foi presidente dessa entidade, a Visão Mundial, ela tem promovida essa teologia em todo o Brasil, influenciando pastores e igrejas, sejam pentecostais ou históricas. A ironia disso é que a maioria das igrejas neopentecostais não aderem a essa teologia, por razões óbvias, pois a teologia pregada por essas igrejas, são totalmente contra a ideologia marxista.Esse Ariovaldo teve presença marcante no primeiro Congresso Lausanne de Evangelização, e desde então, tem influenciado muitas igrejas com suas teorias. Ele também esteve no Brasil em 2014, para participar do Congresso Internacional de Missão Integral, realizado na Faculdade Teológica Sul Americana em Londrina no Paraná.
O que pode estar acontecendo, é que igrejas assembleianas que estão sendo influenciadas por essa teologia, estão com fracas cargas teológicas, deficiência no ensino bíblico e teológico, e essa doença está enfraquecendo elas, e deixando elas suscetíveis para a  influência da TMI. Marx está entrando cada vez mais dentro das igreja Assembleia de Deus. É já hora desses pastores acordarem e combater essa heresia dentro da igreja.
O pastor C. Peter Wagner foi o primeiro a combater essa teologia, por ser um cristão conservador, que se opôs aos teólogos marxistas, liderados por Padilla, no primeiro Congresso Lausanne de Evangelização Mundial em 1974. Será que a CPAD não sabia disso, a ponto de não publicar um livro combatendo essa teologia perniciosa de modo sistemático? Se tivesse feitos isso desde aquela época, talvez hoje essa teologia marxista não tivesse tanta influência no Brasil, a ponto de influenciar até a igreja Assembleia de Deus no Rio de Janeiro, e, certamente irá influenciar as igrejas no Brasil todo, e, quem sabe, também a de Pernambuco, se não se cuidar. Apesar de ser uma igreja conservadora, ela pode ser influenciada por essa teologia, se deixar que outras influências entrem, como o liberalismo teológico, que ensejou nas igrejas Assembleias de Deus no Sudeste essa teologia marxista.
Resultado de imagem para augustus nicodemus
Algustus Nicodemus, do Mackensie, adepto da TMI, juntamente com Ariovaldo Ramos e Caio Fábio

Recentemente, Algustus Nicodemos deu uma palestra na CPAD, combatendo os apóstolos modernos, já aí ele já estava com sua influência na Assembleia de Deus iniciada, que culminou nisso que vai acontecer. Curiosamente, quando essa influência da TMI ficou indisfarçavel no Brasil, ele fez um vídeo de dois minutos só, falando sobre isso, mas sem combater ela, apenas dando uma pincelada, afim de disfarçar que era um propagandista dessa teologia. Essa mesma TMI, que agora está influenciando a Assembleia de Deus, é um ninho da Teologia Gay. Se a Assembleia de Deus não combater essa heresia que já está começando a influenciar ela, vai ser a primeira denominação pentecostal a apoiar a Teologia Gay, ao "casamento" gay,  ao aborto e à TMI.Isso é influência da maioria dos estudantes do Mackensie, que é uma faculdade teológica da Igreja Presbiteriana no Brasil, infelizmente, lá eles são influenciados por esses estudantes, que levam o marxismo para a Assembleia de Deus. Onde estão os mestres e os apologistas dessa igreja?Abriram a guarda para o Diabo? Creio que a maioria não fez isso.
Há um teólogo, Gutierres, dono do site Teologia Pentecostal, que é um assembleiano aberto a esse movimento, pois ensina que o marxismo não é pernicioso, que luta pela justiça social. Mas esse teólogo é um marxista disfarçado, pois não é possível que alguém que estudou teologia no Mackensie, e tem uma boa bagagem cultural, não saiba que a TMI é filha da Teologia da Libertação! Veja o que diz a A obra “The Popular Encyclopedia of Apologetics” (Enciclopédia Popular de Apologética) de Ed Hindson, publicada pela Harvest House Publishers: “O marxismo, em qualquer de suas formas, é completamente antiético à cosmovisão cristã. Esse Gutierrez e pastores assembleianos não sabem disso? A CGADB  não sabe disso? É muito difícil que não saibam.
É bom lembrar que  essa teologia nada tem de conservadora, mas é totalmente liberal, por isso que a IECLB é uma grande denominação evangélica aberta á essa teologia marxista, que afasta as pessoas de Deus.
Quando Malafaia e Feliciano ficam contra essa teologia, a igreja presbiteriana, antro da esquerda no Brasil, fica contra eles, ao invés de dar apoio a esses pastores, que são evangélicos, mesmo que não preguem a mesma teologia cessacionista das igrejas históricas. Mas nem todo presbiteriano é liberal como os daqui, pois  John Wimber, Wayne Grudem, Jack Deere e outros calvinistas carismáticos, são totalmente contra isso que acontece entre os calvinistas brasileiros.
Resultado de imagem para pastor peter wagner
pastor Peter Wagner, o primeiro a denunciar a TMI e sua influência no meio evangélico

Ao alcançar uma importante faculdade teológica assembleiana, essa teologia vai esquerdizar essa igreja pentecostal, a ponto de afastá-la do verdadeiro evangelho, e abraçar o marxismo.
Creio que a Assembleia de Deus em Recife, e a de Abreu e Lima, nas pessoas do pastor Aíton José Alves, e Roberto José, não permitirão isso, e que combaterão essa teologia das trevas.
Seria bom que a Assembleia de Deus abrisse os olhos a tempo, e não permita mais que haja essa palestra na FAECAD, para que a sã doutrina não sofra terrivelmente, e lance muitos cristãos nas mãos de Satanás, através da TMI, que é uma teologia diabólica. Amém.
Acordem, assembleianos, em nome de Jesus!!