domingo, 19 de fevereiro de 2017

O PAPA NO MUNDO DA LUA

É muito estranho o que vai na cabeça desse papa Francisco, que de vez em quando pronuncia algo que vai de encontro à logica e à fatos comprovados pela mídia e pela história secular, e religiosa.
Recentemente, elel disse, no "Econtro Mundial de Movimentos Populares, que ´e um exagero dizer que existe terrorismo religioso, se referindo aos islâmicos, passando por cima dos milhares de cristãos mortos em nome de Allá, alem das crianças e mulheres estupradas em várias partes do mundo, e da chamada guerra santa. Não sei a razão do papa querer agradar tanto aos islâmicos, ao ponto de colocar a cabeça dentro da terra, como o avestruz.
O absurdo dessa declaração é tanta, que pocos jornais deram atenção a isso. Um dele oi o site conservador Breitbart  que deu espaço para as declarações, amplamente ignoradas pela grande mídia. O artigo assinado pelo teólogo católico, autor e conferencista Thomas D. Williams, faz uma minuciosa avaliação da mensagem de Francisco. O papa não quer enxergar o óbvio. Está no mundo da lua?
Ele, ao invés de mostrar a violência do islamismo, que a história tem mostrado que foi assim  que elel se espandiu no mundo, continua negando as mortes de milhares dec pessoas,judeus e cristãos, e as explosões que mataram tantas vidas.
Bento 16 reaizou uma palestra na Alemanha, onde citou uma frase atribuída a um imperador bizantino Manuel 2º, onde diz: “Mostre-me o que Maomé trouxe de novo, e lá você encontrará apenas coisas más e desumanas, como o seu comando de espalhar pela espada a fé que ele pregava”. É isso que o papa está ignorando,e mihhares de pessoas, principalmente a esquerda, que é tão má e assassina quanto os islâmicos, pois ela matou mais de cem milhões de pessoas.
Aguém precisa ajudar esse papa a voltar para a reaidade!