terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

AS INTERCESSORAS

Antes do dia do culto, ela arruma as coisas, e, um dia antes, deixa tudo pronto: comida do esposo, roupa, casa varrida, e tudo o que se  relaciona com isso. A luta diária não é fácil, mas nada impede que ela chegue cedo, para que passe mais um dia nos pés do Senhor, pedindo, intercedendo pelo povo, pela sua prole, parentes, de joelhos diante do Grande, em oração intensa. Só os Céus sabem o que elas passam, e as investidas do diabo contra elas, pois o trabalho que realizam é de suma importância para a obra do Senhor. Graças a Deus por essas servas abnegadas, perseguidas, muitas vezes, por quem deveria ajudar somente (verdade seja dita) mas não desistem. A oração e a intercessão é a respiração da igreja, e, sem ela, a igreja não teria sucesso. Muitas vezes o filho que tem não perece por causa da oração da mãe, dos choros e clamores de dia e de noite por eles, pelo marido, por emprego, pela mocidade, para Deus mandar mais obreiros, e, principalmente pelo ministério! Ah!, quanto elas ajudam o ministério! Tirem essas intercessoras e verão como a igreja cai em desarmonia espiritual. Vamos ajudar mais elas, tanto em oração também, com elas, quanto materialmente, no que precisarem. Não há dinheiro que pague o tempo delas gasto na obra. Jamais pagará. Apenas a recompensa delas dada por Deus, no céu. Algumas delas, mesmo doentes, vão à oração, tomando seus remédios, algumas são curadas, outras não, mas estão ali toda semana, até três vezes, mas não desistem, além das visitas que realizam, de suma importância para o reino. Eu estou, agora, vivo, porque essas irmãs oraram por mim, e me ajudaram nas grandes lutas porque passei. Grandes vitórias. Eu sei que muita gente hoje é vitoriosa por que essas irmãs estão sempre orando, e essas orações tem chegado diante do trono da graça, e realizado maravilhas.carro baixada santista