domingo, 22 de janeiro de 2017

O QUE A TURQUIA ESTÁ QUERENDO?



 



É o que tenho me perguntado após saber que essa nação está ccom um artefato arqueológico que prova a ligação de Israel com a terra prometida, Canaã.
Essa peça tem 2700 anos, e fala do túnel que Ezequias mandou cavar, que enchia a fonte de Gion, na parte leste de Jerusalém, no tanque de Siloé.
A pedra tem uma inscrição em palio-hebraico, e o que ele descreve está em 2 Reis 20, e 2 Crônicas 30, onde há uma narração bem detalhada sobre isso. É claro que não há só essa pedra, ha outras, como jarros, e moedas, comprovando a existência de Davi e Salomão, mas quanto mais houver melhor, pois a comunidade árabe e a ONU afirmam o tempo todo que Israel nao tem ligação com essa terra. Esta é a inscrição: “E esta foi a maneira em que foi perfurado: Enquanto [. . .] ainda havia [. . .] machados, cada homem em direção ao seu companheiro, e quando ainda faltavam três côvados para serem perfurados, [ouviu-se] a voz dum homem chamando seu companheiro, pois havia uma sobreposição na rocha à direita [e à esquerda]. Quando o túnel foi aberto, os cavouqueiros cortaram (a rocha), cada homem em direção ao seu companheiro, machado contra machado; e a água fluiu da fonte em direção ao reservatório por 1.200 côvados, e a altura da rocha acima da(s) cabeça(s) dos cavouqueiros era de 100 côvados.” O que esse povo quer mais?
Não adianta querer negar, essa terra pertence a Israel, e ninguem jamais vai provar o contrário, e a ONU já perdeu essa batalha.
Os ingleses encontraram essa pedra em 1880, e foi cortada dez anos depois e entregue ao Imperio Otomano,onde é hoje a Turquia.
O governo de Israel vem tentando reaver essa pedra desde 1998, mas sem sucesso, pois é uma prova extrabíblica da ligação com sua terra, e é um golpe forte na ONU, na Igreja Católica e na comunidade árabe. Israel vencerá. é só questão de tempo.