quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ALEGORIA: AS DUAS GRANDES CORES


Se eu sou azul
Não sou melhor que o verde;
As cores, Deus fez,
E aos dois fez um.
Mas o azul muito cresceu,
Se fez grande
E a todos ele deu
O status da beleza.
Alguns se orgulharam por serem azuis
E esqueceram de ser só servos da cruz.
Esqueceram que nao é jamais a cor
que os fez do Senhor.
O verde um pouco desbotou,
Alguns azuis 
Dele zombou
E não perceberam
Que isso os invalidou.
E, por não ser mais humilde,
O azul perdeu sua beleza,
Pois estava por dentro da soberba,
Usando mal as dádivas do Ceú.

Ao perder sua pujança,
O azul, como criança,
Pediu aos Céus bonança
E assim, Deus, a ele, deu boa estância.

















textusinefaveis.blogspot.com.br