segunda-feira, 19 de setembro de 2016

METÁFORAS DE DAVI NO SALMO 22



O salmo 22 é um dos mais lindos da Bíblia. Há profecias nele sobre Jesus que se cumpriram terrivelmente, como o clamor de Jesus ao seu pai, dizendo: “Deus meu, Deus meu, porque me desamapraste?”, que é a mais famosa frase de Jesus na cruz, repetida todas as vezes que se fala dele, praticamente.
Para entender essa linguagem, você precisa saber que os salmos usa a forma da poesia hebraica, que não tem rima como as do ocidente, mas diferente, chamadas de rimas de ideias paralelas em seus tres tipos, sintéticos, antitético e sinonímico.
Sendo um poema de base semítica, ele usa muitas figuras de linguagens, e, a mais comum é a metáfora, usada aqui de modo um tanto sucinto, mas de grandes signifcado.
No versículo 6, ele se denomina um verme, algúem totalmente desprovido de valor, sem perspectivas de nada, e sem objetivos na vida. Aqui ele usa essa metáfora em relação a Deus.depois ele se refere a homens poderosos de Moabe, os touros de Basã, que eram inimigos de Israel. Ele estava enfrentando forte oposição deles, e não sabia como agir, como um dos valentes de Davi, um dos 37, que enfrentou um leão de Moabe, um guerreiro poderoso. Aóps isso, ele faz alusão ao tipo de pessoas que o afrontariam, o carater deles era tão terrível, que ele os chamou de cães. Esses mesmo que dividiram as vestes de Jesus entre si. Depois pediu para livrar eles dos leões, homens fortes e ferozes, grandemente violentos. Que Deus os salvasses desses também, pois como bois selvagens, perseguia e feria o salmista,procurando destruir ele. Era uma forte oposição enfrentada pelo salmista. O salmista não poderia mais suportar isso, e pediu a Deus um socorro, tal como Jesus faria na cruz, séculos depois.
O salmo 22 é para ser lido e entendido, para ser lido e relido, por causa de sua unção e beleza.