segunda-feira, 11 de julho de 2016

O TEMPO DE TRAZER OS MOLHOS PERDIDOS




Foi uma manhã linda em Benfica. Deus nos falou graciosamente. A consagração em Benfica estava um pouco lotada, não como antes, mas Deus falou conosco.
A palavra foi no Salmo 126, que fala sobre o cativeiro, e é um dos cânticos dos degraus, hinos cantados enquanto os peregrinos subiam a Jerusalém, cantando ao Senhor devido à festa. Este salmo foi escrito após o cativeiro, e, ali, os molhos é a liberdade do cativeiro de setenta anos, em Babilônia; a semente é a oração e as lágrimas durante esse tempo, a Deus.
Na mensagem, ele profetizou que Deus trará de volta o que foi perdido, e que ele estava fechando covas e crente naquela hora, e a mudança aconteceria de modo rápido. Deus é Deus que cumpre o que falou, e nenhuma palavra dele cai por terra.Se ele disse, espere, e verá o que fará.
No final, quatro pessoas aceitaram a Cristo, e outras foram curadas, para a glória de Deus.Quem pregou foi o evangelista Kennedy Santana, de Paulista, PE.Deus o usou de uma maneira linda, uma mensagem ungida, tanto, que pessoas foram salvas.
A consagração acontece todo sábado, sem exceção, a não ser que seja por algo sério. A dirigente é a irmã Lídia. É uma bênção mesmo.
Sempre que puder, vá lá adorar a Deus com os irmãos, e sentir sua presença.