segunda-feira, 11 de julho de 2016

AOS IRMÃOS MORTOS NA SÍRIA




Tantas mortes em ti, irmão,
Mas não desista do evangelho;
Guardado na celeste região,
vossa alma aguarda o brado

Retumbante do céu;
Após isso, nada te porá em aflição
Jamais essa onda desumana será teu fel.
Vencerás o falso profeta, pelo Deus fiel.