segunda-feira, 11 de julho de 2016

A COVARDIA PETISTA CONTRA BOLSONARO


Uma das maiores covardias que se pode faz com uma pessoa, está ocorrendo com Bolsonaro, deputado de direita, defensor da família e bons costume, tendo sido militar por dezessete anos, é o fato de uma petista, de um partido sem nenhuma moral, um ativismo podre, cheios de ideias podres concebidas no fundo do inferno, que é a ideologia socialista, que luta contra tudo o que Bolsonaro defende.
A petista chama Bolsonaro de um incentivador de estupradores, por causa de uma conversa, na qual ela se meteu. O deputado é contra a justiça dar penas leves a estupradores, enquanto a deputada petista, uma das mulheres mais baixas moralmente falando, a famigerada Maria do Rosário, que acusa o deputado erradamente,e o STF, que está tão podre quanto o PT, prostituído e prostituindo a Lei, deu razão a ela. Mas o STF não deve se meter assim com a legislatura. É estranho que tente condenar tanto alguns, enquanto outros, REALMENTE culpados, estão soltos e sem serem culpados de nada.
Como cristão, defendo esse deputado, por fazer um belo trabalho, defendendo a família, o casamento, com ímpeto que não vi em muitos cristãos.Acho que a igreja em Recife deve apoiar esse candidato a presidente, ao invés de um candidato do PSB ou um partido aliado ao atual partido de nossos deputados.
Quem devia ser acusada de fazer apologia ao estupro era a deputada, e nao Bolsonaro. Simplesmente inverteram os valores, aliás, uma coisa que a esquerda faz sempre, afim de validar essa ideologia pútrida. Cada vez mais tenho nojo da esquerda.
Maria do Rosário se intrometeu em uma entrevista, acusando Bolsonaro de ser responsável por crimes violentos no Brasil. Ele rebateu, questionando: “Eu sou o estuprador, agora?”. Quando a petista afirmou que sim, a tréplica foi uma declaração irônica. O carioca assegurou que não estupraria Maria do Rosário, pois ela não merecia.
Eis aí a lógica da podre horda petista. Que Deus ajude o deputado.