sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O PERIGO IMINENTE COMUNISTA

A mesma coisa QUE OS COMUNISTAS FIZERAM NA ANTIGA URSS, matando 20 milhões de pessaos de forma assustadora, como na Ucrânia, onde todo um povo morreu de fome, causado por um plano de Stálin,como nesse video do Youtube: História da União Soviètica Nazista, que tirou todo o alimento da população, onde crianças morriam de fome, Lula e Dilma querem fazer no Brasil;se eles tomarem o poder, vai acontecer isso aqui, com a ajuda das FARCS, do Forum de Sao Paulo, de terroristas, que já estão a postos no Brasil, e o exercito da Venezuela,que também já está pronto pra invadir o Brasil, se Dilma perder o mandato dela, pois o Brasil é quem financia, agora, Cuba e vários países comunistas da América Latina.Eles estão aplicando no Brasil a teoria de Gramsci,que, ao inves de começar a revolução como ensinou Marx, pela subestrutura, ele ensina a começar pela superestrutura, ou seja, começando a destruir a cultura, a famlia e todos os valores culturais dela, a indústria, o comercio, para que, assim, enfraquecer a nação através das guerras e antogonismo, usando também a dialética de Hegel, que Marx copiou, usando as antíteses, ou guerras de classes.Dessa forma, o BRasil se tornará uma nação comunista do tamanho da URSS.ABRAM OS OLHOS!

O ERRO TEÓRICO DE MARX


Ele errou feio, segundo o articulista Alceu Garcia, num artigo no site mises.org.br; esse nome do autor do artigo, é um pseudônimo de um cidadão que teve receio de por seu verdadeiro nome, por medo do que fariam seus colegas de trabalho se soubessem que, num artigo, desacreditasse as teorias de Marx, o que fez com maestria.
Contrariando esse teórico acima,Marx, ele mostrou que o preço projetado determina o preço de produção. Mostrou também que Marx errou ao não levar em conta que o trabalho é heterogêneo, não homogêneo, contrariando ainda mais suas teorias; também, que o estado não pode fazer o papel de empreendedor, quem faz isso é o cidadão, somente.
Outra coisa importante desse escritor,foi que ele mostrou que o outro erro do teórico socialista foi dizer que as trocas pressupõem igualdade; errado de novo. Só há troca quando há desigualdade de valor, não o contrário. É por essas e outras que o mundo socialista é um mundo com paralisia econômica.
Mas que socialista atenta para isso?

terça-feira, 25 de agosto de 2015

CULTO DE DOUTRINA: BARA, UMA NOVA CRIATURA


Foi de grande proveito o culto de doutrina nesse quarta semana de agosto. Estiveram presentes as comissões de Azulão,Maranguape 1,e Liberato. Cantaram hinos lindos, sem precisar ser imprecatórios, do tipo que quer a derrota do inimigo, mas que não fala em amor, em louvor a Deus, só vitória a qualquer custo, mesmo que a pessoa não esteja em fidelidade, como dá a entender as letras vazias, na maioria das vezes. Pelo menos essas comissões cantaram hinos com boas letras. Talvez porque o pastor Ailton reclamou certa vez. O templo lotado, o púlpito idem. Infelizmente, o pastor Aílton, em viagem aos EUA, não pôde dar sua preleção, mas seu filho,o vice-presidente da Assembleia de Deus de Recife,pastor Aílton Júnior, esteve lá, e deu o estudo. Foi uma bênção também, e proveitoso para a obra de Deus. Recebi uma linda mensagem de Deus, de exortação, e acredito e espero que melhore muito em minha vida espiritual agora, sabendo onde está minha falha, segundo Deus mostrou.
O pastor Junior leu em Ef 5.8-10, versando sobre o novo homem, que é criado segundo a imagem de Deus. Esse termo novo, é derivado do hebraico, da palavra "bara", que quer dizer algo que ainda nao existe, inédito, novo, como no Gênesis, e também em Isaías 43.19, o mesmo termo aparece. Os versículos lidos foram os seguintes: Sl51.10; 32.39; Ez 33.25, 26,27; Nm 19.9,13,2o,21. Em Números, o sentido usado é da água da separação. É também usado em Ez 33.25, onde Deus fala que vai separar Israel das outras nações, para que seja um servo só dele. Na preleção, o pastor Junior tentou mostrar, como fez, que a doutrina do novo nascimento existe desde o Antigo Testamento, como em Ez 18.29-32, onde Deus afirma que faria um novo homem, dando-lhe uma nova natureza, um novo ser, que é o sentido de coração todas as vezes que aparece na Bíblia, ou pelo menos na maior parte das vezes, 876, significa a totalidade do ser.
Continuando, o pastor falou também que a Palavra mostra que, no Novo Testamento, há, também, o mandamento de que vivamos em santidade, pois é um mandamento eterno. O apóstolo Pedro repetiu o que disse IAVÉ no Pentateuco: "sede santos porque,eu, o Senhor, sou santo". Como ele é o modelo supremo de santidade, justiça e perfeição, sigamos os seus passos. Os versículos usados foram Lv 19,1,7; 2 Tm 2.19; Sl 26.4,5; Pv 4.14,15; Jr 15.17; 1 Pd 4.3,4.
Saí de lá alegre, por Deus ter falado comigo e mostrado onde estou fraco, e preciso crescer, e também onde estou firme, mas que preciso melhorar. Não perde nada quem vai, só cresce.Perde quem pode ir e não vai.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

A COR QUE MANDA E A PELE QUE SOFRE

Eu estou cansado de ler os jornais, e achar, nas páginas sociais, algo que vejo que é um absurdo que ainda aconteça num país miscigenado como o Brasil.
As fotos que aparecem nás páginas sociais de toos os jornais são só de pessoas brancas, classe média, cabelos lisos, com suas roupas de grif, fazendo as coisas mais ridículas, mas que, de alguma forma, é "importante" para a sociedade que ele apareça ali.Tenho a impressão que o Brasil nunca teve negros nem índios. Só brancos que são bonitos? E o fato não é só serem bonitos, mas que eles são a classe dominante do país. Duvido que existam brancos de verdade no Brasil; a verdade é que eles são o referencial de beleza e qualidade. Raramente aparece um negro, e quando aparece, é uma figura quase que obrigatória, alguém que galgou um espaço na sociedade, famoso, enquanto que a elite so precisa ter a pele clara e ser classe média.Sim, pois os chamados brancos pobres não aparecem ali.
Além disso acima referido, quando a pessoa anda por alguns bairros de Recife, como Graças e Espinheiro, a impressão que alguém dos bairros pobres tem é que está passando por um lugar desconhecido, uma parte do Recife que ele não sabia que existia.Parecem ter outros costumes, outra língua, como se fossem outro povo e cultura.Quando um indivíduo conversa com eles, não consegue acompanhar a conversa.Eles falam de viagem à Europa, de avião, de jantares com amigos ricos, de cerimônias em empresas, inauguração de prédios públicos...E eles adoram arrotar suas riquezas, para que o pobre o vejam como alguém superior, de um nível bem elevado...
Por causa disso tudo, acho que ainda há um apartheid no Brasil. Tanto, que os negros ainda são discriminados nas escolas, nas ruas, e repartições públicas. Fique olhando um negro andando no centro da cidade, e veja se as pessoas não seguram a bolsa ao avistar um negro, mesmo que ele esteja há uns cinquenta metros dessa pessoa, e mesmo que esteja bem vestido, cabelos cortados. Agora olhe quando passa um branco; este é visto sempre como uma pessoa de bem, sem causar medo nem espanto, não é um ladrão, nem sequer parece. Só eles são bonzinhos.
Quero que chegue logo o dia em que se poderá ver negros, mulatos, indígenas, cafusos, caboclos, nas páginas sociais dos jornais e revistas. Que essa afronta que todo negro diariamente sofre se acabe logo, pois não se pode mais aguentar isso, não há brancos nem negros, nem índios no Brasil, mas um povo miscigenado por essas três raças, durante quinhentos anos. É isso que importa.

O NOVO TEMPLO EM RECIFE: NECESSIDADE OU VAIDADE?

Essa discriminação devido à essa construção do tempo da Assembleia de Deus em Recife,  ser cara, nao tem cabimento;é verdade que custará 100 milhões de reais, mas, primeiro, sabemos que essa igreja nao prega heresias, é ortodoxa, tem sido usada por Deus para abençoar esse estado de PE, tem prestado grandes serviços na sociedade, como alguns projetos sociais, e nao tem fama de ser corrupta, porque nunca foi. A igreja é grande, os cultos festivos são concorridos e o MP jamais viu alguma irregularidade no uso do dinheiro dos fiéis, pois é bem utilizado. Seria razoável essas críticas,se o pastor fosse um ladrão, como o Edir Macedo, ou falsificasse a Palavra de Deus. Se fosse, mas não é o caso. Vamos ser justos. Mas todo o dinheiro é usado para a igreja, o que os órgãos competentes estaduais têm mostrado. Esquecem que a igreja nao veio aqui para acabar a fome, mas para pregar o evangelho, pois o reino de Deus "não é comida nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no Espírito Santo", como diz Paulo em Rm 14.17, mas sem esquecer que devemos ajudar os pobres. Jesus não chamou a igreja para acabar com a fome, pois os pobres sempre vão existir, embora, quem serve a ele com fidelidade, é bem cuidado. Sabemos que devemos ajudar quem tem fome, mas sem esquecer que o reino de Deus é um reino espiritual. As pessoas que afirmam que é errado fazer isso, nao sabem nada da Bíblia. Deviam perceber que igrejas constroem templos, o que é óbvio, não é? Se é grande ou não aí é com a igreja. Vejam que o governo nao está entrando com quantia nenhuma, mas, sim, os irmãos; então calem a boca, todos vocês! A igreja tem  todo o direito de construir quanto templos quiser, se é bonito ou feio, não é problema de ninguém fora dela , isso é com a igreja, ok? Procurem saber se foi pago alguma propina, se essa igreja tem um histórico de ser corrupta, como muitas aí; depois disso, se houver algo desse tipo, falem, com provas, mas não fiquem com fracos argumentos, agindo com hipocrisia e irresponsabilidade. Se acharem alguma prova de corrupção, então se pronunciem, que a justiça será feita, pois Deus só está naquilo que é justo e verdadeiro;mas não achando, engulam o que disseram e sejam pessoas sensatas, não tolas. Claro que todo erro deve ser denunciado, se houver.Não tendo nada, é bênção de Deus.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

A FAMILIA DE DEUS


A igreja na qual faço parte tem feito bastante simpósios e cultos para casais, o que tem sido uma bênção da parte de Deus.É válido, pois, atualmente, a família tem sido bombardeada de uma forma incrível, como se fosse algo sem valor algum, principalmente pela mídia petista, dominada por esses adoradores de Marx. Esse filho do diabo disse que ela é um mal que deve deixar de existir, e todos que seguem suas teorias fazem isso. Mas a igreja vai lutar até o fim, e vamos vencer essa guerra.Essa iniciativa do pastor é válida, pois foi Deus quem estabeleceu ela, e vai ser sempre valorizada por aqueles que são fieis a ele.
Lutemos pela família, ela é criação de Deus, e ele está interessado no seu bem.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

O TEMPLO

 A expectativa do novo templo, penso, está perdendo apenas para a euforia do templo de Jerusalem, tamanha é a alegria disso.Que bom!Não esqueçamos, no entanto, que nao é essencial o lugar de adoração, conforme o mestre disse em João 4, mas, sim, adorar a Deus em espírito e em verdade.Alegremo-nos, mas não façamos como os judeus, conforme diz Jeremias no capítulo sete do mesmo livro, que, por achar que a suntuosidade do templo iria ser o suficiente para serem agradáveis a Deus, pecavam terrivelmente, na idolatria e prostituição. Deus é o centro, não o templo.
E pensar que a igreja se reunia nas casas, até o terceiro seculo!
Por isso afirmo que, o lugar e o templo não são essenciais, mas, sim, adorar a Deus em verdadeira santidade.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Presidente colombiano outorga nacionalidade a pastor brasileiro

O pastor brasileiro José Satírio dos Santos teve sua cidadania colombiana outorgada pelo presidente Juan Manuel Santos nesta segunda-feira (3) por conta dos seus trabalhos pastorais exercidos no país.
Ao comentar a decisão de entregar a cidadania ao religioso, o presidente da Colômbia destacou os 40 anos de ministério do pastor. “Esta cidadania é uma pequena demonstração de nossa imensa gratidão como colombianos, por seus mais de 40 anos de trabalho”.
O presidente aproveitou sua visita a Cúcuta, fronteira com a Venezuela, para destacar a atuação do líder evangélico pela paz no país. “Tudo o que fez durante estes 40 anos, todas suas ações, de certa forma, contribuem, semeiam essa semente da paz”.
Durante o evento Juan Manuel Santos pediu para que Satírio continue orando pela paz no país, relembrando uma das falas do brasileiro que afirmou que “se a paz chegar à Colômbia, a Colômbia será diferente”.
Nascido em 1946 em Maceió, o pastor José Satírio se radicou na Colômbia em 1975 e desde então tem trabalhado com a reabilitação de usuários de drogas, alcoólatras, vítimas de violência familiar, vítimas do conflito armado e outras.
Na Colômbia, o religioso ainda fundou o Colégio Ebenezer, a Cooperativa Cobethel e o Instituto para o Trabalho, além de criar outras instituições voltadas para melhorar a qualidade de vida dos colombianos.


Fonte Gospel Prime