sábado, 28 de fevereiro de 2015

O MALIGNO ADULTÉRIO

Tem sido uma bênção essas novas lições da CPAD, da Escola Dominical. A forma como o professor Ezequias Soares vem tratando dos temas, é bem aberta e contundente.
Nesse domingo, dia 1 de março, abordaremos o adultério, tão decantado na nossa cultura, que será estudado em quatro tópicos: O Sétimo Mandamento; Infidelidade; Outros Pecados Sexuais; e, finalmente,O Ensino de Jesus. Espero que haja mais clareza da parte dos professores no ensino, e que não haja dificuldades nisso.
As novelas e filmes tem tornado isso algo que deve ser aproveitado, principalmente pelos  homens, o que é uma lástima. Mas, para a cultura cristã, isso é bem claro: é algo a ser evitado por todo os meios possíveis, pois a família é dom de Deus, pois  que a formulou, e por isso, por causa do escândalo, e para salvaguardar o Nome dele, devemos ser fiéis a Ele, e não cometer esse ato tão sórdido, que acaba com a família, e com a relação com os filhos. Só traz males.
Devemos buscar o prazer com o nosso cônjuge, e não em outro lugar. Como diz o pastor citado, "o sexo também é para nosso prazer", pois foi Deus que fez isso." Lembro  sobre o ensino equivocado de um presbítero, que disse que a Bíblia não ensina essas coisas. Só quem não conhece a Palavra para afirmar isso.
É lendo essa lição que relembramos que o adultério começa na mente, e desde o começo, deve ser evitado. Cada pensamento, cada sinal, deve ser deixado de lado, correndo mesmo dele, pois grande é o preço a pagar por causa de alguns minutos de prazer.
Que Deus nos guarde desse tão grande mal; o livro de Provérbios, capítulo 5, avisa aos jovens várias vezes para que não entrem nesse caminho, pois é terrível, e leva à morte.
Que o Senhor nos livre de todo o mal e ajude sua igreja a se livrar dessa maligna armadilha.