quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

CANTOS E SOTAQUES REGIONAIS


É interessante o programa Cantos Regionais, mostrando o que há de melhor na música evangélica. É apresentado por uma irmã bastante simpática.
O cenário é bem típico do sertão pernambucano: uma casa de taipa, dois músicos, um, violencista, o outro, tocando sanfona, ou acordeon, como queiram; uma irmã cantando hinos; às vezes, é um irmão. Uma boa fórmula para o final da tarde do domingo.
Os cânticos, geralmente, são antigos, de cantores como Jacira, Zilanda, Vitorino Silva, Mara Dalila, entre outros.
Apesar do sotaque de sotaque, é um programa de boa qualidade, uma programação que preenche a lacuna deixada por outros programas das TV's, mas seculares. No exagero em demonstrar que deve ter um clima regional, os apresentadores carregam na voz cantada, como se não fossem nordestinos e já não tivessem isso normalmente (alguém deveria gravar as vozes deles e mostrar aos mesmos, e verão que não precisam exagerar). O nordestino já tem o sotaque carregado por natureza, mas os apresentadores do programa Cantos Regionais exageram nisso. Fora esse detalhe, é um bom programa, mas que pode melhorar nesse sentido.
Percebe-se a profissionalização cada vez melhor da Rede Brasil; algumas vezes vê-se a imitação, por parte dos integrantes dessa rede, a repetir o que fazem alguns apresentadores famosos, seja nos trejeitos, seja no modo de falar, até que ache sua própria maneira de apresentar, o que leva tempo.
Em todo caso, deixando de lado o “defeito” acima, é bom ter algo de qualidade, quando uma certa TV, dita evangélica, só passa uma programação que em nada lembra o nome de evangélica que tem; só nome, diga-se de passagem.
Os tocadores são sérios, sisudos, passam a ideia de que não há lugar para risos num programa como esse. Sente-se a falta de interação entre os tocadores e os apresentadores. Parecem mais dois quadros que são interpostos.
Apesar de tudo, é um programa que tem varias coisas boas, com as comentadas acima, e, em meio a todo essa gama de programas ruins no domingo, esse é bom, merece a atenção de nossos irmãos;pelo menos assistindo este, não comem coisas podres das emissoras seculares e sem escrúpulos.