domingo, 17 de agosto de 2014

DESCARTES E A FÉ EM DEUS



O filósofo Descartes pode ser, como alguns dizem, o grande filósofo que redefiniu a filosofia moderna. Tinha ideias muito interessantes, como as que ele escreveu se referindo à Deus.
Ele dizia que a " ideia do ser perfeito só pode existir por que há esse Ser perfeito". Não se conformava com a filosofia de seu tempo, e criou uma coisa nova, que foi sua própria filosofia. Ela foi considerada muito proveitosa, pois ele aplicava a Matemática à ela, de uma maneira nova, pois antes dele, ninguém havia feito isso. A filosofia de seu tempo não foi aceita por ele.
Segundo ele, por ser imperfeito, o homem não poderia ter ideia do que é ser perfeito, senão por algo que já viesse no homem, posto pelo próprio Ser perfeito (Deus). Dessa forma, ele afirma sua fé num Criador, e que o universo não surgiu de repente, como dizem os ateus. Ele foi corajoso em ter ideias desse tipo, pois já em sua época estava em voga  certas descrenças na criação do universo por Deus.
Talvez ele possa ser lembrado como foi Eistein, que disse: "Deus não joga dados com o universo." Pura verdade.
É claro que Descarte não foi aceito por todos. Spinosa discordou de algumas ideias dele, e falou que a própria natureza é Deus,algo parecido com o panteísmo budista, o que contraria a Bíblia. Prefiro ficar com as ideias de Descartes. Concorda com o que a Palavra de Deus fala  dele. Ele,por ser Criador, transcende à  sua criação. É além dela. Talvez por isso, muitos professores de universidades discordam desse filósofo. Ele ousou crer em Deus.