terça-feira, 15 de julho de 2014

CUIDADO COM A TENTAÇÃO


A tentação realmente é uma coisa terrível;embora não obrigue a pessoa a pecar, tenta persuadir ela a fazê-lo. É preciso persistência para resistir. É preciso fortalecer-se em Deus. Ele é nossa fortaleza, socorro na angústia, torre forte, para onde corre os justos (Sl 46;91).
Jesus foi nosso maior exemplo em resistir, quando resistiu ao diabo de modo perspicaz e com com grande sabedoria. Se apresentando de modo bonito e prazeroso, a tentação é algo que pode até fascinar, mas o final dela é amargoso como o absinto, conforme diz Salomão em Provérbios, no capítulo 5. Ele adverte contra a sedução da mulher adúltera,que busca a vida preciosa de quem cai nos seus encantos.O poeta também adverte em Eclesiastes 7, onde afirma que "mulher, cujo coração são redes e laços, prende o homem que não teme a Deus. Devemos estar alertas contra isso, pois o prazer é só um momento, as consequências podem ser desastrosas, como no caso de Davi, que, por uma noite com Bate-Seba, pagou um preço altíssimo, por toda a sua vida.Isso está no capítulo 12 de 2 Samuel, quando Natã o adverte e diz o vaticínio de Deus contra ele. Que preço por causa de tão pouco tempo de prazer!
A advertência do apóstolo Tiago é bastante rica, quando diz que o pecado, maduro, gera a morte. Que Deus nos guarde.