segunda-feira, 9 de junho de 2014

DONS PARA TODOS

Não sei porque algumas pessoas fazem polêmica em relação aos dons ministeriais, dados por Deus para que a igreja cresça, como está escrito em Efésios 4.11ss. Se há alguém que entende da Palavra, e ensina,e esse ensinamento é para a glória de Deus, então essa pessoa é capacitada por Deus, faça ele parte ou não do ministério citado em Efésios 4. E tudo vem de Deus, se bem que, os chamados dons ministeriais, embora utilizados por indivíduos, são para serem usados no corpo de Cristo. Ali fala que Deus deu dons aos homens, e Paulo explica que esses dons são para a manutenção do corpo de Cristo, a igreja, que é como um edifício espiritual, e vai crescendo, crescimento de Deus, tomando o leite racional, de modo que todo o corpo se fortaleça, disse pedro em sua carta.Já em Hebreus se fala que devemos comer manjar, sermos maduros em Cristo (Hb 5.12).
Lá, esses dons são listados afim de que todos conheçam, para fazer com  que o corpo cresça;não quer dizer que só os que são do ministério têm capacidade de ensinar a Palavra, mas todos aqueles que Jesus capacita, pois há o ensinador que não faz parte do ministério, e ensina com capacidade, como está escrito em Romanos 12.7.Que haja dedicação ao ensino, e dedicação aí é não só fazer com vontade, mas fazer também com capacidade, que deve ser buscada na igreja. É preciso saber que a capacidade de ensinar a Palavra não ficou restrita ao ministério,(eles têm chamadas específicas), mas cada irmão deve ter desejos de ler a Bíblia, e, assim, estar apto a ensinar a Bíblia e mostrar a razão de sua fé de forma racional,como explicou Pedro. Entendamos que os que os assim chamados dons ministeriais são específicos, são, como diz o nome, ministérios, os outros, listados em 1 Co 12.28, Rm 12.7,8, são para uso geral da igreja, portanto, são dons. É preciso se aperfeiçoar lendo, estudando, pesquisando, orando, e tudo isso vai fazer-nos crescer mais e mais em Deus. Quanto mais se ler, mais a palavra é entendida, e há mais crescimento em Deus.
Portanto, há diferentes dons, e as manifestações de Deus são para o crescimento do corpo de Cristo, a igreja. Vejam Apolo, grande ensinador, que não fazia parte do escopo primitivo dos apóstolos, mas ensinava a palavra com muita capacidade (At 18.27; 1 Co 16.12; Tito 3.13.).Vejam o discurso de Estêvão no capítulo 7 de  Atos; um mestre. Assim é aquele que Deus chama, e são muitos, para fazerem a obra.
Portanto, façamos a obra de Deus de acordo com a capacidade que ele deu a cada um de nós, sem pestanejar, pois a obra é dele, e ele sabe o que faz.