terça-feira, 3 de junho de 2014

A CEIA


Nunca mais que havia ido a um culto de Santa Ceia. Foi bom demais! A igreja, mais uma vez, lotada. De cima a baixo. Foi um culto abençoado, e Deus se fez presente mais uma vez.Na verdade ele nunca nos abandona.
O Grande Coral cantou de novo seus hinos com Vitorino Silva. Sua bela voz mais uma vez deixou admirado todos que o escutam, fora sua interpretação impecável. Uma bênção. Além do mais, a banda da igreja estava lá, e também cantou seus hinos belos. Infelizmente, os  cantores Jair Santos e Ivonaldo, que sempre estão lá, não foram esses dias, nem no Congresso de Mulheres.
A palavra foi dada por um pastor convidado, que veio com o irmão Ronaldo Rodrigues de Souza, diretor de publicações da CPAD. O mesmo diretor veio fortalecer a parceria entre a nossa igreja e a CPAD, que é a igreja que mais compra Lições de Escola Dominical no Brasil. Na ocasião, o pastor Aílton foi  presenteado com uma Bíblia Reina-valera, 1960, um achado, uma das Bíblias que melhor traduzem as Escrituras. Também foi ele  presenteado com um exemplar de um livro do escritor que acompanhou o irmão Ronaldo. Segundo disse o pastor Aílton, "a CPAD e a Bereia são parceiras". No entanto, pelo que se vê, no futuro, a editora local vai publicar, ela mesma, as lições da Escola Dominical. É o que parece. Por sua vez, o irmão Ronaldo disse que "a CPAD é quem publica as munições que usamos para evangelizar, as lições, as Bíblias, e as literaturas evangelísticas;" depois, o pastor da igreja ratificou que "não haverá essa separação das duas editoras". Amém. Realmente, a editora do Sul é uma potência na área evangélica, e publica grandes livros.
No geral, o culto foi uma bênção para a glória de Deus; grandes coisas ele fez. A comunhão com Deus é sempre uma bênção; se bem que, culto de Santa Ceia não é comunhão, pois você precisa estar em comunhão para cear, e não o ato em si. É bom sempre nos lembrarmos disso.
Que a igreja fique crescendo cada vez mais, sempre palmilhando para ir ao céu. Amém.