domingo, 25 de maio de 2014

PASTOR EURICO, O RADICAL



Continuam as críticas e os absurdos em torno da polêmica manifestação do pastor Eurico (PSB-SP),contra Xuxa, símbolo sexual e amante de menores de idade. Até deputados da bancada evangélica  ficaram contra ele. Será medo de perder  votos? Isso é timidez, e timidez, em Apocalipse, é ter vergonhar de assumir os princípios cristãos afim de que não percam privilégios que uma sociedade ou um segmento político dê para a pessoa:

"ficarão de fora os tímidos, os feiticeiros, os que se prostituem,os homicidas, os idólatras (...)"

Ele foi radical, é verdade, mas se pensarmos direito, veremos que o discurso do cristão é radical, é ficar a favor de Deus ou do diabo, não existe meio termo no cristianismo, ou se é contra ou a favor. Leiam as cartas do apóstolo João. Percebam como ele é "radical" ali,em 1 Jo 2.15: "pois tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos, e a soberba da vida, é do mundo (...) Como cristãos apoio o pastor Eurico; Xuxa, jamais, nem esses políticos, que, aproveitando esse discurso do pastor, querem pousar de bonzinhos.No mínimo deveriam apoiar seu correlegionário nesse momento difícil. Mas não, foi a mídia começar a apoiar essa devassa apresentadora, ficaram do lado dela, olhando os votos. Fiquei envergonhado com a declaração de um certo deputado pernambucano que disse que "a Bíblia manda amar todas as pessoas". Calma aí deputado. Onde o senhor leu que por amar as pessoas devemos acatar todos os erros dela? Isso que o senhor disse não tem base bíblica. Veja como Deus castigou Israel e Judá por causa e pecados cometidos;e Deus amava esse seu povo.Leia Ezequiel 22 e 23.Dois capítulos. Veja o caso de Davi, e como Deus o castigou por causa de pecado; veja o caso de Elias, radical por extremo, que lutou contra o que todos achavam certo, quando o Estado e a sociedade apoiavam o sincretismo religioso,tendo Baal como centro. Seu discurso,deputado, é antibíblico. O discurso de Jesus no capítulo 23 de Mateus foi de um grande radicalismo. O cristão é assim, deputado, um radical. Não estou dizendo que tudo que o pastor Eurico disser e fizer está certo, mas não posso deixar de admitir que ele acertou em  não ser transigente com o erro e denunciá-lo.Vejam João Batista, no seu radicalismo total, denunciando o rei Herodes, prostituto, e não tendo medo. Paulo foi outro radical, que pregava a Cristo, e esse, crucificado. Radical demais, não? É o Evangelho e sua mensagem. Vejam Jeremias. Todos diziam que Deus não estaria contra a cidade, pois lá havia o templo, mas o profeta foi radical e denunciou que nem o templo, nem a cidade santa seriam empecilho contra sua vontade de destruir o povo.Veja isso em Jr nos capítulos 7,11,13. Deus é radical. Elias e Jeremias enfrentaram todo um sistema que era contrário às suas mensagens.
Por isso apoio o pastor Eurico. Repito, não concordo com tudo, mas ele acertou em seu radicalismo. Sou contra alguma coisa que ele fizer, que fira os bons costumes, as doutrinas bíblicas, o discurso bíblico, mas fora isso, apoio ele. Então eu vou ficar a favor de Xuxa, eu, um cristão? Jamais. O pastor merece meu apoio. E daí, se ele pareceu fora de si? Pareceu. Jesus por acaso não pareceu muito enfurecido quando expulsou aqueles cambistas do templo? Vai ver, ele se inspirou no Mestre. Todo cristão que ficar contra o pastor, e a favor dessa mulher, está negando a Deus, o Evangelho, que condena essas práticas, das quais essa mulher é uma prova viva. Quantas crianças não foram pervertidas por ela? Entraram em mau caminho por sua influência maligna. Que Deus nos livre, e Iavé nos proteja.
E, assim, quero ressaltar o radicalismo dos profetas,de IEROSHUA dos apóstolos, dos cristãos que verdadeiramente seguem a Cristo. Mais radical do essas palavras de Jesus não existe: "aquele que quiser vir após mim, tome a sua cruz, negue-se a si mesmo, e siga-me." Sejamos radicais.