sábado, 26 de abril de 2014

A IGREJA SÓ PRECISA DE JESUS

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" Mt 16.18.

Essa promessa, feita por Jesus,  até hoje permanece. A igreja, mesmo depois de dois mil anos de fundada, permanece ainda firme, depois de mais de mil anos misturada com o paganismo. O paganismo fez com que ela ficasse manchada e  permanecesse, por centenas de anos, assim, até que Deus usou Lutero e fez a Reforma Protestante, fazendo com que a igreja voltasse às suas origens, embora, com isso, surgisse dezenas de outras denominações
Desse modo, ficou provado que a promessa de Jesus permanece de pé. Nada, nenhuma instituição pode fazer com que a igreja seja derrotada, e nenhuma organização ou alguém pode dizer que a igreja precisa de defensores, mas só de Cristo. Só ele pode segurar, fazer ela permanecer de pé. É estranho dizer que ela precisa desse ou daquele homem para impedir que a igreja seja derrotada.Cristo já prometeu vitórias, e nada nem ninguém,nem todo o inferno pode derrotar ela. Precisamos crer nisso, e mesmo se não crermos, Cristo cumprirá a promessa. Isso é imutável.
Houve uma época que tudo na igreja se resolvia na oração, hoje em dia muitos estão se unindo com políticos para, de alguma forma, obter o que, dizem, a igreja precisa. Discordo disso. Os apóstolos sempre ensinaram que o sangue de Jesus é quem nos garante vitória. Então estão mudando o que a Bíblia diz, ou estão distorcendo o sentido dela. Nunca li de Paulo aconselhando a igreja a entrar para o Senado romano ou mesmo tentar  ter poder através da influência de alguém da Casa de César. Não precisou nunca  disso. Cristo era suficiente, e é ainda para todo o sempre amém.
Precisamos é nos livrar desses embaraços, que tão de perto nos rodeia (política), e corrermos com paciência a carreira proposta. A igreja precisa se preocupar mais com ganhar almas e manter firme o leme no que ela precisa, e só, de acordo com a doutrina dos apóstolos. Paulo disse, em 2 Coríntios 11, que temia que a serpente enganasse os irmãos dessa cidade. Há coisas que a igreja não precisa fazer. Entrar na política é uma delas. Vide Constantino. Olhem o que a igreja se tornou após unir-se com a política. Foi preciso séculos para ela desvencilhar-se disso. Olhemos para Jesus.