quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Todas as vezes, pelo que me lembro, que vi alguém falar no capítulo catorze de Jó, foi mais no versículo sete, onde ele diz que há esperança para a árvore cortada. Conheci um irmão que sempre citava ele, e sempre falava de vitórias para nós. Jó afirma sua fé em Deus no versículo 15, e no versiculo 25 do capítulo 19, ele reafirma sua fé na ressurreição. apesar das acusações de seus amigos, de que ele estava sofrendo pelo pecado, que o justo não sofre,ele firmou sua fé em Deus, que poderia fazê-lo ressurgir dos mortos. nesse capitulo Jó acredita que seu pecado estava sempre diante de Deus, mas que seu coração era sincero diante dele.O frágil homem não pode suportar a ira de Deus, e por ser sua vida como uma sombra, o melhor que ele pode fazer é esperar em Deus e pedir por sua misericórdia.
Jó sabia que só Deus o resgataria da morte, mesmo do Seol. Mesmo não tendo uma revelação de Deus como a temos hoje, nós, da era atual, teve ele uma fé que ia além do que ele então conhecia, e ficou na rocha firmado numa fé inabalável.