sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

PRAZER DE LER A BÍBLIA

É uma delícia ler a Bíblia, um dos maiores prazeres que a pessoa pode ter, não só por causa das riquezas espirituais, claro que essa é a principal, mas também pela riqueza literária, pois eu que gosto muito disso, me delicio. Além de Deus falar comigo, me ensina a pensar, lendo a filosofia de Salomão, a poesia dos Salmos, a história de Israel, as metáforas de Isaías, as riquezas do livro de Jó, e tudo o mais, a relação é infinita, pois ela é a palavra de Deus. Gosto de ler os livros pequenos de até 10 capítulos de uma vez só, mesmo por que é bom para entender ela. Por exemplo o livro de Ester; e o de Romanos, embora tenha mais de dez capítulos. Para ter um melhor entendimento dele é bom ler ele todo de uma vez. Fica melhor para entender. O de Hebreus também é ótimo. Leia de uma vez só que você verá que começará a entender melhor. Alguns irmãos acham ele difícil, mas se você primeiro orar, e começar a ler mesmo que não entenda muito, com o tempo entenderá melhor. É bom atentar para as linguagens que ela tem, as metáforas, as metonímias, as parábolas, as hipérboles, como aquela do livro de Juízes, onde se diz que os benjamitas "acertavam até um fio de cabelo com suas fundas". É lindo.
A palavra de Deus é muito rica em todos os sentidos possíveis. É bom acordar de manhã e ler ao menos um capítulo, ou se tiver mais fôlego, vários ou mesmo um livro inteiro. Por exemplo o Salmo 119. Que riqueza esse salmo, não? Uma verdadeira ode à Palavra de Deus. Quanta riqueza esse acróstico tem. Jó é um livro de poesia pura, cheia de riqueza literárias, que influenciou grandes obras mundiais, como Mobidik, A Divina Comédia, e outros. Assim é Jó. As mensagens alimentadoras dele são umas doçuras para serem degustadas.
Assim é a Bíblia, o livro dos livros. Tenhamos ele sempre perto de nós e em nosso coração, nossa arma, nossa espada, nosso tudo.